Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘algumas horas de insania’

Foram sim horas onde a razão abandonou o ser e o som da raiva pode circular livremente pelo ar. 16/10/2010 entrou para a história do coletivo como o dia que concretizamos de fato a nossa vontade de realizar gigs e festivais.  Desta noite, trazemos boas lembranças e a vontade de realizar mais outras. Alguns nomes já estão certos para outros atos que virão.

Seguem algumas fotos e vídeos do que foi visto e sentido pelas pessoas presentes, nada de novo: mas vale a pena lembrar.  Gostaríamos de agradecer tardiamente ao gordo da Docarai e a Diego pelos registros.

Rabujos despejando sua fúria contra tudo e contra todos tocando Tanto faz o apocalipse.

Aqui é a Terrible Force, Diretamente de  de João Pessoa executando seu som cahamdo Madness… Insânia.

FireTomb soltando um cover foda do Metallica e fazendo os thrashers presentes ficarem com sangue nos olhos. Infelizmente não sabemos quem capturou o vídeo.

 

Fotos da 7 Dias de Massacre descarregando seu Crust/Grind/Hardcore/Powerviolence ou coisa parecida sem dó ou piedade.

 

Punkadaria em seu enérgico grito revolucionário, avante camaradas!

 

Read Full Post »

Mais um ‘5 Sons na minha cabeça‘. Dessa vez com o Osmair, guitarrista da Terrible Force, banda paraibana de thrash metal que se apresentará dia 16/10 no evento ‘Algumas Horas de Insânia, Ato I‘ promovido pelo Elo Coletivo.

Foto por Rafael Passos.

Vamos aos sons do Osmair.

Normalmente eu demoro muito ouvindo um Play de uma banda,gosto de escutar diversas vezes e durante muito tempo. Nesses últimos dias eu tenho ouvido muito som velho, mas também mesclando com algo novo, buscando conhecer e entender as novas tendências de sons undergrounds. Vou começar a lista:

Excel – Image Split – 1987

Download

Esse Play é simplesmente FUDIDO. Crossover/Thrash muito bem feito e com uma qualidade monstruosa, quem não conhece ainda,digo com toda a certeza que irão gostar. Toda vez que escuto sinto vontade de correr e quebrar tudo!

Uzômi – Uzômi – 2008

Preciso falar mais alguma coisa? Esses escrotos cariocas estão em um nível muito alto em relação a composição e apresentação (quem foi no show sabe do que eu estou falando). Os brothers cariocas destilam um Crossover rápido e sem frescurinhas com Riffs muito bem elaborados, uma verdadeira resistência a essa febre de “coletinhos” que rola hoje em dia! Hail pros cahaceiros da Uzomi, Hail Brasil!

Terrorizer – World Downfall – 1989

Download

Álbum ícone do Death Metal Old School,com algumas levadas bem HC e um pouco de Grind, esse Play alegra os meus dias e me influencia muito na composição de novos Riffs.

Cranium – Speed Metal Sentence – 1999

Download

Banda sueca de Speed/Thrash, quem nunca ouviu achará estranho as linhas de vocais(parece uma tia brigando com um sobrinho). No todo,é uma banda que no meio Underground do Metal (entenderam aew?) é muito respeitada. Esse Play é bem interessante e em toda faixa,na introdução rola uma historinha antes como já é marca registrada dessa banda. Muito boa,se puderem…confiram!

Sepultura – Beneath the Remains – 1989

Download

Álbum referencia MUNDIAL (muitos gringos pagam pau pra esse álbum), sempre está na minha lista de Plays, pra mim foi o melhor álbum de Heavy Metal ou Metal no geral que o Brasil já fez. Nenhuma outra banda do Brasil vai conseguir chegar no status que o Sepa chegou com esse álbum.hahahha os caras do Slayer eram putos com o Sepultura porque eles tinham que abrir show pro Sepultura nos EUA na época desse álbum(chuuuuuuupa seus gringos).

Terminei minha lista, espero que tenha agradado a alguns!  Heheh  e a Terrible Force espera a presença de vocês no Evento Algumas Horas de Insânia da Elo Coletivo que vai rolar dia 16/10 em Moreno.

Stay Heavy Ever

Read Full Post »

Gritos à plenos pulmões e descargas de euforia pelo corpo: Isso é o mínimo esperado deste que será o segundo evento realizado pelo Elo Coletivo.

Todo o evento, assim como todo o trabalho do Coletivo é montado com bandas nas quais acreditamos, pura e sinceramente. Esperamos que esta seja realmente uma noite de insânia, onde algo mais que apenas uma descarga das frustrações cotidianas seja realizada. E que seja apenas o primeiro ato.

Read Full Post »